sábado, 4 de dezembro de 2010

Oficinas para Adolescentes

As oficinas para adolescentes podem ter temas e objetivos específicos, como:
  • Sexualidade - Promover o aprendizado da anatomia e fisiologia reprodutivas do corpo feminino e do masculino; das influências das diferentes culturas, religiões e mídia e das diferenças em cada gênero. Debater crenças e tabus acerca da virgindade e os estereótipos de papéis sexuais.Discutir as funções da sexualidade e as formas como são expressas.
  • Gravidez / Métodos de anticoncepção - Facilitar o aprendizado da anatomia e fisiologia reprodutivas do corpo feminino e do masculino. Promover debates sobre gravidez desejada e indesejada, parto e puerpério. Propiciar percepção de fatores envolvidos para a ocorrência de gravidez indesejada. Discutir métodos anticoncepção, indicações e contra indicações.
  • Doenças sexualmente transmissíveis - DST/AIDS - Discutir as principais doenças sexualmente transmissíveis, manifestações, formas de contágio e prevenções. Promover percepções de riscos e noções de vunerabilidade.
  • Corpo/Mídia - Discutir noções de anatomia e fisiologia reprodutivas do corpo feminino e do masculino. Propiciar discussões sobre o que é corpo ideal e as influências da mídia. Debates sobre alimentações e exercícios.
  • Familia - Facilitar debates sobre família, tipos de famílias e fatores que influenciam a dinâmica familiar. Promover discussões acerca de fatores histórico-culturais relacionados à família.
  • Violência e estrupo - Propiciar ambientes favorável para debater sobre violência, tipos, influências e cultura, religião e do nível sócio-econômico. Promover discussões sobre limite e respeito e como se defender do abuso.
  • Drogas - Discutir tipos de drogas e fatores que influenciam o seu uso. Promover vivências para percepções de vunerabilidade e limites.
  • Futuro e profissões - Promover discussões sobre valores, objetivos na vida, a profissão desejada e a profissão possível. Propiciar dados para atingir metas desejadas.
Os grupos podem ter esses objetivos específicos ou outros conforme a clientela e a problemática.
O número de adolescentes participantes do grupo pode variar conforme a demanda do serviço. Paralelamente pode desenvolver-se grupos com os familiares que acompanham os adolescentes.

Fonte: Adolescência e Saúde III - Comissão de Saúde Integral do Adolescente - SES

PARCERIA SEMPRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário